Konica Hexar AF + Protopan 400

Gear:
Konica Hexar AF

Recipe:
(First set of pictures)
Protopan 400 @ 3200
APH 09
1+100
1 hour

(Second set of pictures)
Protopan 400 @ 2000
ID 11
1+1
14 min

I use the Hexar AF daily. I use it pretty much everywhere but If I start the film by pushing 400 ISO up to 2000 or 3200, I know that it will work on the subway however in broad Lisbon’s summer light, the Hexar will struggle with the 1/250 top speed.

I know I will not always get the right exposure.
Half of every film is okay but the other half is either too dark or just blew up. To me, in a very personal way, I like it. Sometimes in the middle of all those badly exposed and bad developed frames, there’s something worth keeping. If not… at least I’ll try to learn something from the mistakes.

The Protopan is a crazy film a friend got from a Spanish store. I’ve heard a lot of things about it. It’s Agfa, Rollei, or even somekind of Fuji Neopan. There’s not a lot of information about it but I got pretty decent results in the past using it at box speed in Xtol.

Using APX 09 at 1+100 for one hour stand development works pretty well. Nice grain for a pushed film. It does not have the “spike” of Kodak P3200 or even Delta 3200 but it’s very charming and, when well exposed, gives decent results.

Using ID-11 changes everything. I went to Dev Chart and compared the times for pushed Trix, Delta 400, Rollei Retro 400 and Fuji Neopan 400. Around 13,5/14 minutes for 1600 ISO. So I developed the Protopan pushed to 2000 ISO for 14 minutes. Total failure.

Untitled-21

Mastering the art of precise focus.

Untitled-2 Untitled-3 Untitled-5 Untitled-7 Untitled-11 Untitled-12 Untitled-14 Untitled-19 Untitled-20

———————————————————————————————————–
Second Set

Untitled-26 Untitled-23 Untitled-16 Untitled-17 Untitled-19 Untitled-13Untitled-9

Advertisements
13 comments
  1. uso muito os protopan com um revelador desconhecido, e as receitas alteram completamente o carácter do filme.

    entretanto tenho usado a receita do adox em semi-stand, para além de gostar muito do resultado, permite-me mudar a sensibilidade de fotografia para fotografia, tenho alterado no mesmo rolo de 400 para 1600 nas calmas e aguenta-se muito bem (também tenho usado uma maquina que vai até 1/4000 que ajuda), esta variação da sensibilidade pode ser uma alternativa para essas diferenças interior/exterior

    • Isso é realmente muito interessante Filipe. Se dizes que se aguenta bem em semi-stand acho que tenho mesmo que experimentar. Mas pelo menos isto serviu para ver que não resulta com ID-11, pelo menos não com este tempo. E o mais curioso é que o tempo foi uma média de 4 rolos diferentes de 400 ASA puxados e mesmo assim foi ruinoso. 1+100 durante uma hora sim funciona.

      • eu já experimentei semi-stand com outro revelador (fomadon) e para além do rolo sair castanho o grão dispara muito…

        as receitas é das tais coisas… eu fiz uma pesquisa cruzada dos tempos que estavam publicados dos protopan e cheguei à conclusão que partilham os mesmos tempos que os rollei 400s, mas os rapazes da r3 (que são os únicos que sabem alguma coisa sobre estes rolos, mas mesmo assim não dizem…) publicaram recentemente receitas com mais do dobro do tempo que uso… para a mesma diluição… mas isto é como no arroz doce… se encontras uma receita que resulta… usa 🙂

      • A minha ideia de cruzar os tempos foi precisamente pq li essa tua observação acerca dos Rollei. Mas a Rollei tem coisas estranhas e se falas em “dobro” do tempo então não estarão tb a falar dos novos reveladores “DC”?

        Fui ao Valles e passei-me. O novo RHS DC não tem nada a ver com o antigo RHS disse-me a senhora. DC = Double Concentrated? Não percebo nada da Rollei. O responsável de marketing é de certeza o Franz Kafka 🙂

  2. Pedro Freitas said:

    Como sabes uso quase exclusivamente o D76 que é identico ao ID11 e foi raro conseguir resultados decentes. O filme perde imensa velocidade.
    Parece-me que a velocidade real do filme será por volta dos 160-200 ISO. Tendo como referencia o tempo standart de revelação de maior parte dos filmes em D76 (1+1) como 10 minutos e vendo que a Argenti recomenda 20 minutos de mergulho algo não me parece correcto.
    Quando se chega aos 20 minutos de revelação com agitação intermitente corres o serio risco de fog na pelicula toda. De facto eu tb caí no erro de puxar a 1600 e dar 15minutos de banho para não sair nada do rolo…
    Disparando a 200 ISO no maximo parece-me mais correcto mas obriga a testes para não queimar as altas-luzes.

    • Esse fog aconteceu-me precisamente com o ID-11. Se visses os negativos dirias logo o mesmo. Percebo perfeitamente. O Bonito tem coisas muito porreiras com o Uncle Mort Soup e mesmo com Rodinal, ou variações como o ADOX APH 09, mas acho que com o ID-11, ou ainda não descobri tempo ou então não é mesmo o revelador certo. O melhor que consegui foi mesmo com o Xtol.

  3. I guess that the horse is a Lusitaner. I like the abstract images – they work well with the film.

    • 🙂 Indeed he is a Lusitaner, a former bullfight horse, now he’s used for teaching kids to ride. While my son takes horse riding lessons I like to stroll around and take pictures. They are amazing “models”.

  4. peço desde já desculpa por estar a prolongar esta conversa dos protopan para além do tópico em sí… mas uma coisa que percebi é que o rolo tem comportamentos e reacções diferentes de revelador para revelador, deixo aqui um exemplo, o de cima foi com uncle mort, ou de baixo com fomadon R09 em sem-stand (esta combinação dispara o grão)

    • Completamente o que senti ontem. A variação com o ID-11 ficou infinitamente pior e à partida seria um revelador mais brando com a película. O Protopan continua a ser um pequeno mistério.

  5. JoãoF said:

    Bem do que tenho pesquisado, uma das vantagens do stand é precisamente o facto de puderes alterar iso a meio rolo, ou de frame a frame. o que acontece é que vai-te dar uns negativos muito “sem sal”, sem contraste, só cinzas… por esse motivo em pós produção fazes o quiseres. aparetemente são só vantagens. ah, e os brancos sempre controlados. semi-stand…

    • Foi a primeira vez na minha vida que fiz uma revelação stand porque de facto tira contraste mas por outro lado acrescenta detalhe que noutro tipo de revelação se perdia.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: